Notícia

Prevenir é melhor que remediar – Confira o Improviso, Oxente! sobre Saúde em Ilhéus

14369885_979200662191437_7100151480474929617_n“Precisamos ficar atentos aos gestores que se preocupam mais em ampliar o número de leitos nos hospitais do que em cuidar do meio ambiente e do saneamento básico, que é o que previve a maior parte das doenças da população”, observou a diretora-presidente do Instituto Nossa Ilhéus, Maria do Socorro Mendonça, durante o Improviso, Oxente! da última terça (20), na Tenda Teatro Popular de Ilhéus, quando foi discutido o tema “Ação local para a Saúde”, um dos eixos do Programa Cidades Sustentáveis.

Vinte e nove indicadores sugeridos pelo programa orientaram a pauta da noite, quando também foram apresentados os indicadores de Ilhéus dos últimos sete anos referentes ao setor. Entre possibilidades levantadas, as terapias integrativas estão entre opções de melhoria da saúde preventiva.

Como política pública, a Saúde precisa promover iniciativas, informações e conhecimentos para se ter uma vida mais saudável, assim como investimentos no sistema público para que seja mais efetivo no atendimento às necessidades da população. Nessa linha de pensamento, os participantes contribuíram com sugestões como melhorias na região da Central de Abastecimento, onde o esgoto passa muito próximo ao local onde as pessoas comprarm alimentos; fim da corrupção e do uso de influência política para antecipar atendimento na rede pública de Saúde; investimento na Educação para que a população seja, desde cedo, orientada para hábitos saudáveis; forlatecimento dos conselhos de políticas públicas; implementação do Plano Municipal de Saúde.

Estiveram presentes os candidatos a vereador Shi Mário, Odalilson Aranha, Marcos Paulo, Makrisi e Clemilson Mototáxi. As intervenções artísticas deste debate foram realizadas pela Caravana Mundo Palco.

Promovido pelo Instituto Nossa Ilhéus em parceira com o Teatro Popular de Ilhéus, este será o último de uma série de 13 encontros semanais, que acontecem sempre às terças-feiras, e visam à discussão sobre a Ilhéus que queremos em 2020. Cada encontro aborda necessidades prioritárias da cidade a partir de indicadores baseados nos 12 eixos Programa Cidades Sustentáveis.

O próximo debate acontece dia 27 e terá como tema “Do local para o global”. Já no dia 28, também na Tenda, às 19h, haverá a entrega oficial dos indicadores da Ilhéus que queremos em 2020, evento aberto ao público e para o qual os candidatos a prefeito de Ilhéus foram convidados.

 

Instituto Nossa Ilhéus – Fundado em 09 de março de 2012, o INI é uma iniciativa da sociedade civil organizada, apartidária com o título de OSCIP – Organização da Sociedade Civil de Interesse Público.  Busca a aproximação da sociedade civil e do poder público em suas ações, tendo como eixos de atuação a Educação para Cidadania, o Monitoramento Social e o Impacto em Políticas Públicas. Atua no sentido de promover o impacto social que educa e, para isso, promove o monitoramento social, mobilizando e intervindo na realidade política e social do município. O Instituto está aberto a todos que desejem engajar-se em suas atividades. Localiza-se na Rua Eustáquio Bastos, nº 126, 8º andar do Edifício Kauffman, no Centro, em Ilhéus. Acompanhe o site www.nossailheus.org.br e a fanpage facebook.com/InstitutoNossaIlheus

 

Teatro Popular de Ilhéus – Fundado há 21 anos, é uma das 15 instituições apoiadas pelo programa Ações Continuadas a Instituições Culturais, iniciativa da Secretaria de Cultura do Estado da Bahia (SecultBA) através do Fundo de Cultura da Bahia (FCBA). O TPI administra a Tenda Teatro Popular de Ilhéus. A programação mensal do espaço cultural pode ser conferida em www.teatropopulardeilheus.com.br, ou pelo aplicativo gratuito Tenda Teatro Popular de Ilhéus, disponível no Google Play.

 

Programa Cidades Sustentáveis – É uma iniciativa de três organizações da sociedade civil – Rede Nossa São Paulo, Rede Social Brasileira por Cidades Justas, Democráticas e Sustentáveis e o Instituto Ethos –, que oferece uma agenda completa de sustentabilidade urbana, um conjunto de indicadores associados a esta agenda e um banco de práticas com casos exemplares nacionais e internacionais como referências a serem perseguidas pelos municípios. Acesse e conheça o Guia da Gestão Pública Sustentávelwww.cidadessustentaveis.org.br/gps. O Instituto Nossa Ilhéus compõe a Secretaria Colegiada da Rede Brasileira por Cidades Justas, Democráticas e Sustentáveis.

 

 

 

 

 

 

Confira a galeria de fotos

Leave a Reply