Notícia

Palestra para prefeitos da região apresenta benefícios do Programa Cidades Sustentáveis

15203131_1033754490069387_6806157208333690231_n“Não precisamos inventar a roda. Se a palavra é planejamento, o Programa Cidades Sustentáveis vem para contribuir para uma gestão por metas eficaz”, explicou a presidente do Instituto Nossa Ilhéus, Maria do Socorro Mendonça, durante o painel “Cidades Sustentáveis e Responsáveis”, apresentado na quarta-feira (23) no Seminário Novos Gestores Públicos, no Hotel Aldeia da Praia, em Ilhéus.

Durante o painel, Socorro explicou como funciona o Programa e como ele pode ajudar a gerir os municípios para buscarem melhores soluções para seus problemas. “Vocês estão com suas equipes de transição trabalhando para levantarem a atual situação do município. Com essas informações e com os indicadores sociais, vocês podem estipular metas a serem atingidas nos próximos quatro anos. Para isso, alimentam a plataforma disponibilizada pelo Programa com os novos indicadores, periodicamente, e podem acompanhar o desempenho das áreas, avaliando cada passo para chegar à meta estipulada. São ferramentas indispensáveis e gratuitas para um governo que se pretende participativo”.

O evento, promovido pela Associação dos Municípios da Região Cacaueira (AMURC), reuniu agentes políticos das regiões Sul, Extremo Sul e Sudoeste da Bahia, e teve o objetivo de informar e orientar os novos gestores sobre instrumentos de integração política e administrativa, como Consórcios Públicos, além de gestão pública de Saúde, Assistência Social, Transparência, Empreendedorismo e Eficiência Tributária.

Programa Cidades Sustentáveis – Foi lançado em 2012 a fim de sensibilizar e mobilizar as cidades brasileiras para que se desenvolvam de forma econômica, social e ambientalmente sustentável. O PCS oferece como ferramenta a Plataforma Cidades Sustentáveis – uma agenda para a sustentabilidade das cidades que aborda as diferentes áreas da gestão pública, e incorpora de maneira integrada as dimensões social, ambiental, econômica, política e cultural e aborda as diferentes áreas da gestão pública em 12 eixos temáticos. A cada um destes eixos estão associados indicadores, casos exemplares e referências nacionais e internacionais de excelência.

Neste ano, tendo como prioridade a implementação e municipalização dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) no Brasil, o Programa ingressou em uma nova etapa, incorporando os ODS e suas metas, principalmente aquelas que poderão ser implementadas em nível municipal e regional – justamente onde as prefeituras têm o protagonismo central dessa governança. Neste novo ciclo, o PCS já conta com a adesão de 98 cidades (prefeitos eleitos), dentre elas 10 capitais, que assumirão as gestões em 2017. Estes prefeitos que se comprometeram com o Programa terão as ferramentas disponíveis logo no início da gestão. Ilhéus, Una e Uruçuca são algumas das cidades cujos gestores eleitos que assiaram o compromisso com o Programa. Durante o evento, os prefeitos eleitos poderão também assisr a carta compromisso e aproveitar gratuitamente, as ferramentas do Programa para seu município. Saiba mais em: www.cidadessustentaveis.org.br 

Instituto Nossa Ilhéus – O INI foi fundado em 09 de março de 2012, e é uma iniciativa da sociedade civil organizada, apartidária com o título de OSCIP – Organização da Sociedade Civil de Interesse Público. Busca a aproximação da sociedade civil e do poder público em suas ações, tendo como eixos de atuação a Educação para Cidadania, o Monitoramento Social e o Impacto em Políticas Públicas. Está aberto a todos que desejam engajar-se em suas atividades. Localiza-se na Rua Eustáquio Bastos, nº 126, 8º andar do Edifício Kauffman, no Centro, em Ilhéus. Acesse o site www.nossailheus.org.br e a fanpage facebook.com/InstitutoNossaIlheus

Leave a Reply